Encéfalo humano – Como é dividido o encéfalo

areas sistema nervoso

O encéfalo humano contém mais de mil biliões de células nervosas. Quando estão em plena actividade, gastam cerca de 20 por cento do oxigénio do corpo e libertam tanta energia como uma pequena lâmpada. Mas como se organiza o encéfalo humano e como esta dividido? O encéfalo está organizado em vários “departamentos”, cada um dos quais regula uma parte diferente do corpo.

tomografia computurizada do encéfalo

tomografia computurizada do encéfalo

Estrutura de um encéfalo humano

Encéfalo

Órgão que processa informação. Um encéfalo humano pode pesar até 1,4 kg e é um dos órgãos maiores do corpo. Está dividido em três regiões — o cérebro anterior ou prosencéfalo, o cerebelo e o tronco cerebral.
A semelhança da espinal medula o encéfalo é constituído principalmente por substância cinzenta, e substância branca, dispostas em camadas distintas.

Tronco cerebral

Parte do encéfalo ligada à espinal medula. O tronco cerebral equivale ao “autopiloto” do nosso corpo. Controla as funções essenciais à vida, tais como a respiração, o ritmo dos batimentos cardíacos e a tensão arterial. A parte inferior é denominada bulbo raquidiano ou medula oblongata; mantém as funções vitais e é o ponto em que se entrecruzam muitas fibras nervosas. Mais acima há uma dilatação chamada ponte de Varólio que transmite informação entre o encéfalo e a espinal medula. A parte superior é o mesencéfalo que intervém em muitos reflexos.

Cerebelo

Parte do encéfalo que coordena os movimentos subconscientes. O cerebelo assegura o equilíbrio do corpo e a coordenação dos movimentos. E constituído por milhões de neurónios • agrupados em duas metades, ou hemisférios, e pesa cerca de 10 por cento do peso do encéfalo. O cerebelo recebe constantemente informações actualizadas acerca da posição e movimentos do corpo. Emitindo sinais para os músculos, controla a postura corporal e o equilíbrio dos movimentos.

zonas encefalo

Cérebro anterior

Parte do encéfalo que intervém na homeostasia, emoções e acções conscientes.
A maior parte é formada pelo cérebro, onde se situa o pensamento consciente. Escondidas sob o cérebro há duas massas muito mais pequenas, o hipotálamo e o tálamo.

Cérebro

Parte do encéfalo que intervém nas emoções e pensamento consciente.
O cérebro pesa cerca de 85% do total do encéfalo. Consiste em duas metades, denominadas hemisférios cerebrais, formadas por giros ou circunvoluções, pequenos regos menos profundos chamados sulcos e regos mais profundos, ou fissuras. A camada exterior de cada hemisfério, conhecida por córtex cerebral, é constituída por substância cinzenta. E aí que o cérebro processa a informação. Por baixo do córtex existe uma camada média de substância branca com profundas formações cinzentas, chamadas gânglios da base. Há feixes nervosos • que unem os dois hemisférios assim como as diferentes partes que constituem cada um.

Area sensorial

Região do córtex cerebral que analisa a informação dos receptores sensoriais.
As áreas sensoriais recebem informações dos órgãos dos sentidos e de outros receptores m de todas as partes do corpo. Seleccionam e analisam a informação para que possa ser compreendida. Regiões distintas do córtex ocupam-se das informações dos diferentes sentidos. Por exemplo, as informações dos foto-receptores são tratadas pelo córtex visual que se situa na parte posterior do encéfalo.

Área motora

Região do córtex cerebral que controla o movimento voluntário.
As áreas motoras controlam os músculos esqueléticos do corpo. Quando saem do encéfalo os nervos motores cruzam-se, por isso cada área motora controla uma região do lado oposto do corpo. Se uma área motora for afectada, por exemplo por uma trombose a parte do corpo correspondente a essa área deixa de se mover normalmente.

Areas do córtex cerebral

O córtex cerebral tem áreas motoras (M), sensoriais (S) e de associação (A)

Área de associação

Parte do córtex cerebral que intervém no pensamento e compreensão.
As áreas de associação permitem-nos ter consciência e conhecimento, e ainda analisar experiências e avaliá-las segundo uma perspectiva lógica ou artística. Ao contrário do que sucede com as áreas motora e sensorial, estas áreas de associação não são iguais nos dois lados do cérebro. Em muitas pessoas o hemisfério esquerdo trata da lógica e compreensão, enquanto o direito intervém na percepção das formas e nos sentimentos.

Hipotálamo

Região do cérebro anterior que regula os processos vitais do organismo.
O hipotálamo é uma área pequena mas muito importante, localizada abaixo do tálamo. Controla factores como a temperatura do corpo e abastecimento de nutrientes, e emite instruções para corrigir quaisquer desequilíbrios. Por um lado funciona transmitindo sinais, através do sistema nervoso autónomo e por outro estimulando a glândula pituitária, ou hipófise, para que liberte hormonas

Tálamo

Região de cérebro anterior que transmite ao cérebro informações sensoriais
A palavra “tálamo” significa “quarto” e designa um pequeno grupo, arredondado, de células nervosas, situado no interior de cada um dos hemisférios cerebrais. O tálamo envia informação dos órgãos dos sentidos para as áreas sensoriais do córtex cerebral e transmite sinais motores na direcção oposta.

Ventrículo

Cavidade do encéfalo que contém.
O encéfalo não é completamente sólido. Contém quatro ventrículos que comunicam uns com os outros e com o espaço que envolve o encéfalo e a espinal medula. Os ventrículos produzem o líquido cefalorraquidiano, um fluido límpido, que está sempre a circular e amortece os choques.

Meninges

Membranas protectoras em redor do encéfalo e da espinal medula
Todo o sistema nervoso central está protegido por três membranas, denominadas meninges. A exterior, chamada dura mater, está ligada ao interior do crânio e forma um canal em volta da espinal medula. Dentro desta encontra-se a camada aracnoideia, formada por uma estrutura delicada de células, em forma de teia. A membrana interior, é muito rica em sangue e está ligada à superfície do  encéfalo e da espinal medula.