Como evitar o cancro da pele e seus sintomas

Palmeira da praia, exotica do brasilVerão, sol e pele bronzeada. Aqui está uma combinação irresistível para ajudá-la no seu aspecto. Mas o problema aqui é que isto pode levar a uma exposição inadequada e excessiva à radiação solar, que pode causar graves danos à pele.

A sua capacidade de se espalhar pelo corpo todo faz com que seja conhecido como o pior tipo de cancro. A cada ano que passa O melanoma faz novas vítimas. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de casos no Brasil está em cerca de 7% ao ano.

“O melanoma é um cancro que se origina nos melanócitos, células localizadas na epiderme (camada externa da pele) e que produz o pigmento que dá cor à pele. É considerado um dos tumores mais graves, porque a maioria das vezes passa despercebido ( pode ser confundida com um ponto ou pinta) e pela sua capacidade de produzir metástases, ou a disseminação de células doentes do corpo e afetar outros órgãos “.

Quem já teve esta doença garante é dificil supera-la. “Fiquei muito exposta ao sol. Até que num dia eu notei algumas manchas no meu corpo e decidi procurar um dermatologista. Ele me diagnosticou com melanoma. Ai então fiquei desesperada e não sabia como reagir, mas, felizmente, a doença ainda estava no início “

Ter procurado um especialista foi o que a salvou quando notou a diferença no corpo. “Hoje estou consciente da importância da prevenção(…)”, diz ela.

Ana Maria Sortino tambem disse que, bronzeamento artificial pela radiação ultravioleta do tipo A (UVA) tem perigos porque ele é cinco vezes mais nocivo do que o meio-dia solar, num dia quente de verão.

Segundo estudos, estes indicam que cerca de 80% da exposição solar cumulativa ocorre antes dos 18 anos, por causa do comportamento de crianças e adolescentes provocando queimaduras solares. “Entretanto, quando ocorre em crianças com peles claras e sensíveis, há uma probabilidade maior de melanoma na idade adulta”, explica Ana Maria.

Apesar de ser o tipo de cancro mais comum em adultos jovens, o melanoma pode fazer vítimas de todas as idades, incluindo crianças, e diferentes tipos de pele, mesmo marrom e preto. “Mas algumas pessoas têm um maior risco de desenvolver a doença: pessoas com a pele clara que sofreram uma ou mais queimaduras solares durante a infância, pessoas com lesões pigmentadas existentes na pele e aqueles com mais de cerca de 50 pintas”.

Verificar se tem cancro de peleTratamento

Segundo o perito, se diagnosticada no começo, e o tumor está restrito à epiderme, a excisão cirúrgica completa da lesão inteira, faz com que garanta o controlo da doença e os índices de cura estão em torno de 95%. “Mas já no melanoma avançado, que afecta as camadas mais profundas da pele, o tratamento e a possível cura varia de acordo com o nível de invasão tumoral. Quando não tratada a tempo, há risco de atingir outros órgãos e levar à morte”.

Para a terapia genética, a utilizacao de vacinas ainda são os métodos experimentais de tratamento. “Até o momento, não há eficácia que esteja comprovada. Isto impede o seu uso para tratar o melanoma”.

É importante lembrar que a cura para o melanoma (e outros tipos de cancros da pele) está directamente relacionada à prevenção. “As pessoas também precisam estar cientes da importância dos cuidados de modo a evitar queimaduras solares na pele, já que minimiza os riscos. O exame dermatológico regular e, quando necessário, o mapeamento adequado das manchas podem salvar vidas. Quando você vê uma lesão suspeita na pele como manchas, feridas, verrugas ou mudanças na forma, cor ou tamanho de uma mancha antiga, previna-se e procure imediatamente um médico “.

  • Poila

    Já vi uma pessoa com muitas pintas. Será que tem cancro de pele?

  • Poila

    Já vi uma pessoa com muitas pintas. Será que tem cancro de pele?

  • belive

    Poila, a melhor coisa a fazer é consultar o medico.

  • belive

    Poila, a melhor coisa a fazer é consultar o medico.