Normalmente ocorrem problemas no intestino delgado devido a uma infestação por micróbios ou distúrbios estruturais. Alguns dos problemas do intestino delgado são obstrução, infecção, tumor, doença de Crohn, doença celíaca e síndrome do intestino curto.

intestinos humanosOs intestinos são uma parte importante do sistema digestivo, pois é ai que a digestão de restos alimentares e a assimilação dos nutrientes tem lugar. Ele está localizado após o estômago e, pouco antes do intestino grosso. O intestino delgado é composto por três partes o duodeno, situado perto do estômago, o jejuno ou parte central, e o íleo, proximo do intestino grosso. O comprimento do intestino delgado de um adulto humano mede cerca de 7 metros, que é cerca de cinco vezes maior do que o intestino grosso.

A manutenção de um sistema intestinal saudável é essencial para a realização da digestão normal e outros processos metabólicos. O intestino delgado, embora seja saudável, é susceptível a vários problemas. Alguns exemplos, de problemas nos intestinos incluem bloqueio, infecções, tumores e outras doenças.

Problemas de intestinos

Quando se fala sobre problemas de intestinos, a maioria das pessoas relatam obstrução no intestino delgado e infecção por bactérias nocivas. Assim, os sintomas de problemas de intestinos e da gravidade das condições podem variar de um paciente para outro. A seguir está uma lista possiveis desordens intestinais:

Bloqueio no Intestino Delgado: O bloqueio no intestino delgado ou obstrução do intestino delgado podem ser causados ​​devido a uma pressão externa, tumores ou presença de grandes corpos estranhos. Qualquer que seja a causa, uma obstrução no intestino delgado, dificulta a passagem normal de líquidos e resíduos para o trato digestivo. Sintomas de obstrução no intestino delgado incluem dor de estômago, náuseas, vómitos, inchaço abdominal e sensibilidade.

Infecções no Intestino:A infecção no intestino delgado é causada principalmente por bactérias ou vírus. Normalmente, ocorre devido à ingestão de alimentos contaminados e bebidas. Se infectados pelo vírus, é chamado de gastroenterite viral. Às vezes, os organismos infecciosos podem ser transmitidos a partir de outras partes internas do corpo. Os sintomas de infecção intestinal são perda de apetite, cólicas, prisão de ventre e diarreia.

Doença de Crohn: A doença de Crohn é causada devido a resposta auto-imune do organismo que afeta o trato digestivo, resultando em inflamação. A partir da localização da inflamação no trato gastrintestinal, as complicações da doença de Crohn’s podem variar. Alguns dos sintomas são fraqueza, irritação do estômago, diarreia, vómitos, perda de peso e, às vezes, problemas de pele.

Doença Celíaca: A doença celíaca é uma doença auto-imune que afecta o intestino delgado. Os pacientes de doença celíaca são hipersensíveis a formas específicas de glicoproteína e proteína do glúten. A exposição a estas proteínas específicas faz com que ocorra inflamação e danos no revestimento intestinal, levando à má absorção de nutrientes.

Cancro do Intestino Delgado: Uma das doenças ameaçadoras do intestino delgado é o cancro. O pior facto é que os sintomas do cancro de intestino delgado são geralmente vagos e manifestam-se em fases posteriores. Assim, o diagnóstico precoce do cancro de intestino delgado é muito difícil. Os sintomas mais comuns de cancro de intestino delgado incluem dor abdominal aguda e intestinal, perda significativa de peso e aumento de fraqueza.

Síndrome do Intestino Curto: A síndrome do intestino curto, é causada devido ao mau funcionamento de uma grande parte (cerca de dois terços) do intestino delgado. Às vezes, o intestino curto manifesta-se após a remoção cirúrgica do intestino delgado. O principal sintoma do intestino curto é a má absorção dos nutrientes, que por sua vez, resulta em várias outras complicações de saúde, como, fadiga , desnutrição, dores abdominais e diarreia.

As pesquisas normalmente surgem para minimizar o risco de problemas intestinais e melhorar a saúde das pessoas em geral. A regra de ouro para a manutenção de um intestino delgado livre de problemas é comer uma dieta bem equilibrada, realizar exercícios regularmente e seguir hábitos de vida saudáveis.