Beber demasiado café – consequencias e o que fazer

Se você depende do café para estar acordado, você não está sozinho. O café estimula o sistema nervoso central, diminuindo a fadiga e aumentando a vigília.

Quando considerar cortar na café

Para a maioria das pessoas, doses moderadas de café – 200 a 300 miligramas (mg), ou cerca de 2-4 chávenas de café não são prejudiciais. Mas certas circunstâncias, pode justificar a limitação ou até mesmo fazer terminar a sua rotina de cafeína. Leia mais para ver se algum destas circunstancias se aplica a você.

Quais as consequências de beber muito café?

Embora o consumo moderado de café não seja susceptível a causar danos, tomar muito café pode visivelmente afectar a sua saúde.chavena de café

Causas do café

Um consumo elevado de café por dia, cerca de 500-600 mg, ou cerca de quatro a sete chávenas de café ou mais, pode causar:

  • Insónias
  • Nervosismo
  • Inquietação
  • Irritabilidade
  • Náuseas ou outros problemas gastrointestinais
  • Batimentos cardíacos rápidos ou irregulares
  • Tremores musculares
  • Dores de cabeça
  • Ansiedade

Sensibilidade à cafeína

Algumas pessoas são mais sensíveis ao café do que outras pessoas. Se você for susceptível aos efeitos do café, pequenas quantidades ou até mesmo uma chávena de café ou chá pode ter efeitos indesejáveis, tais como ansiedade, inquietação, irritabilidade e problemas de sono é por isso que é essencial saber as consequências do café.

Como você reage a cafeína pode ser determinado em parte pela quantidade de café que você está acostumado a beber. Assim, pessoas que não consomem regularmente cafeína tendem a ser mais sensíveis aos seus efeitos negativos.

Outros factores podem incluir a massa corporal, idade, tabagismo, uso de drogas ou uso de hormônios, stress e condições de saúde, como transtornos de ansiedade. O sexo pode até mesmo desempenhar um papel: A pesquisa sugere que os homens são mais sensíveis à cafeína do que as mulheres.

Você não está dormindo o suficiente

A maioria dos adultos precisa de sete a oito horas de sono a cada noite. E o café pode interferir com este sono tão necessário. Cronicamente perder o sono, seja de trabalho, viagens, stress ou o excesso de cafeína, resulta em privação do sono. A perda de sono é cumulativa, e até mesmo pequenas diminuições nocturnas pode perturbar o seu estado de alerta diurno e no seu desempenho.

Usar o café para mascarar a privação do sono pode criar um ciclo indesejável. Por exemplo, beber bebidas cafeinadas, porque você tem dificuldade em ficar acordado durante o dia.

A cafeína impede de você adormecer, pois beber cafe a noite não deixa dormir, encurtando o tempo de você dormir. A cafeína pode também aumentar o número de vezes que você acorda durante a noite e interfere com o sono profundo, tornando a sua noite menos descansada. No dia a seguir de manha, você acorda cansado porque não conseguiu dormir em condições.

A melhor maneira de quebrar este ciclo é reduzir a cafeína e adicionar mais horas de qualidade de sono a cada dia. Tente evitar bebidas cafeinadas oito horas antes da hora de você ir dormir. O seu corpo não armazena a cafeína, mas é preciso muitas horas para você eliminar o estimulante e os seus efeitos.

Você está tomando certos medicamentos e suplementos

Certos medicamentos e suplementos de ervas interagem negativamente com a cafeína. Aqui estão alguns exemplos:

  • Alguns antibióticos. Alguns tipos de medicamentos antibacterianos podem interferir com a repartição de cafeína. Isso pode aumentar o tempo que a cafeína permanece no seu corpo e amplia os seus efeitos indesejáveis.
  • Teofilina (Theo-24, Uniphyl e outros). Estes medicamentos abrem as vias aéreas brônquicas através do relaxamento dos músculos ao redor (um broncodilatador) – tende a ter alguns efeitos, com a cafeína. Alimentos e bebidas com cafeína pode aumentar a concentração de teofilina no sangue. Isso pode causar efeitos adversos, como náuseas, vómitos e palpitações cardíacas. Se você tomar teofilina, o seu médico poderá aconselhá-lo a evitar a cafeína.
  • Efedrina (ma-huang). Este suplemento dietético de ervas aumenta o risco de ataque cardíaco, acidente vascular cerebral, convulsões e morte. Combinado com a cafeína, torna-se especialmente perigosa. A Food and Drug Administration proibiu ephedra por causa das preocupações com a saúde. A proibição aplica-se a suplementos alimentares, mas não a chás de ervas.

Converse com o seu médico ou farmacêutico sobre se o café pode afectar os seus medicamentos prescritos. Ele ou ela pode dizer se você precisa de reduzir ou eliminar a cafeína da sua alimentação.

Como parar o hábito de beber café

Se você quer parar de beber café em excesso ou porque você quer cortar os seus gastos em bebidas de café, um corte na cafeína pode ser um desafio. Uma brusca diminuição da cafeína pode fazer com que tenha sinais e sintomas como dores de cabeça, fadiga, irritabilidade e nervosismo. Felizmente, estes sintomas geralmente desaparecem após alguns dias.

Dicas para para parar de beber café de forma gradual:

  • Tenha mais atenção. Comece a prestar atenção á quantidade de cafeína que você está recebendo a partir de alimentos e bebidas. Pode ser mais do que você pensa. Leia os rótulos cuidadosamente. Mesmo assim, a sua estimativa pode ser um pouco mais baixa porque nem todos os alimentos listam a cafeína. Chocolate, que tem uma quantidade pequena, não.
  • Corte no café. Mas faça gradualmente. Por exemplo, beba menos uma lata de refrigerante ou beba uma chavená de café a cada dia. Isso ajudará o seu corpo se acostumar com os baixos níveis de cafeína e, assim, diminuir os efeitos do corte na cafeína.
  • Beba descafeinado. A maioria das bebidas descafeinadas tem o mesmo aspecto e sabem ao mesmo que o café normal.
  • Verifique no rótulo. Alguns analgésicos contêm cafeína, tanto quanto em 130 mg de cafeína em uma dose. Procure por analgésicos livres de cafeína.