Hipertensão arterial – Sintomas, Causas, Prevenção

Quando você tem a sua pressão arterial medida, o seu prestador de cuidados de saúde mede a pressão ou tensão, que exerce no sangue ou nas paredes dos vasos sanguíneos, uma vez que viaja ao longo do corpo. Numa pessoa saudável, essa pressão é suficiente para o sangue chegar a todas as células do corpo.Pressão arterial alta - Hipertensão

A pressão arterial é medida em milímetros de mercúrio (mm Hg).

  • A pressão arterial normal é  120/80 mm Hg, ou “120 por 80”.
  • O primeiro número representa a pressão quando o coração se contrai.
  • O segundo número representa a pressão quando o coração relaxa.
  • Pressão arterial maior que 140/90 mm Hg é considerado alto.

Geralmente, a pressão arterial sobe em determinados momentos, por exemplo, se você fumar um cigarro, ganhar na loteria, ou testemunhar um acidente de carro, e voltará ao normal quando o evento stressante ou excitante passou.

Mas quando a pressão é alta o tempo todo, o aumento da força contínua nas paredes dos vasos sanguíneos pode danificar os vasos sanguíneos e órgãos, incluindo coração, rins, olhos e cérebro.

O termo médico para a pressão alta é a hipertensão.

Pressão arterial diastólica e sistólica

O sangue viaja através dos vasos sanguíneos bem como a água através de uma mangueira de jardim. O sangue nos vasos fazem pressão como a água duma mangueira quando a torneira está ligada.

Pressão arterial sistólica: Com mais sangue a cada batimento cardíaco a ser bombeado para os vasos sanguíneos a pressão aumenta. É o primeiro número da medição da pressão arterial, que é normalmente cerca de 120.

Pressão diastólica: Entre os batimentos cardíacos, enquanto o coração está em repouso, a pressão nas artérias é menor. É o segundo número na medida da pressão arterial, que é normalmente cerca de 80.

Controlar a Hipertensão arterial

Você pode aumentar a pressão numa mangueira fazendo pressão na mangueira. Da mesma forma, a pressão sanguínea nos vasos sanguíneos vai fazer o líquido fluir com mais força.

A pressão numa mangueira pode ser regulada controlando a taxa na qual o fluido passa através dele ou ampliando-o. Da mesma forma, a pressão nos vasos sanguíneos pode ser controlada com medicamentos que actuam sobre o coração ou os vasos sanguíneos e com modificações do estilo de vida.

  • Embora a pressão arterial elevada possa ser extremamente perigosa, geralmente não causa sintomas – muitas pessoas nem sequer percebem que têm hipertensão. A pressão arterial elevada pode ser detectada apenas com medidas precisas e repetidas da pressão sanguínea de uma pessoa. Essa é uma razão pela qual é tão importante ter exames médicos regulares.
  • Mesmo que a pressão arterial elevada possa ser tratada de forma segura e eficaz, apenas cerca de um quarto das pessoas que têm pressão arterial elevada toma as medidas necessárias para manter a sua pressão sanguínea dentro de uma faixa normal.

Tipos de hipertensão:

  • Hipertensão primária(A hipertensão essencial). Esta é a pressão arterial elevada para a qual nenhuma causa pode ser encontrada. A maioria das pessoas com pressão arterial elevada (90 a 95 por cento) possuem este tipo de hipertensão. Os Médicos suspeitam que uma combinação de estilo de vida, idade, sexo, raça / etnia, niveis de hormonas, e outros factores contribuem para uma pressão arterial alta.
  • A hipertensão secundária(Hipertensão arterial não-essencial). Esta é a pressão arterial elevada para que uma causa definitiva possa ser encontrada. Este tipo de pressão arterial elevada representa apenas 5 a 10 por cento dos casos de hipertensão. Algumas dessas causas são temporárias ou controláveis por exemplo, gravidez ou o uso de certos medicamentos, enquanto outras são condições crónicas como doenças hormonais, doenças renais ou lesões na cabeça.
  • A hipertensão sistólica isolada (ISH). Os idosos às vezes são susceptíveis a qualquer outra forma de pressão alta, chamada hipertensão arterial sistólica isolada. Em pessoas com esta condição, a pressão arterial é maior do que o normal quando o coração bate, mas retorna ao normal entre batidas do coração. A grande diferença de pressão pode colocar ainda mais pressão sobre as paredes das artérias.

Causas

Embora as causas exactas da hipertensão sejam geralmente desconhecidas, existem vários factores que foram altamente associados a esta doença.

Desenvolver hipertensaoCausas da hipertensão:

  • Fumar
  • Obesidade ou excesso de peso
  • Diabetes
  • Sedentarismo
  • Falta de actividade física
  • Ingestão de sal elevada (sensibilidade de sódio)
  • Insuficiência de cálcio, potássio e magnésio
  • Deficiência em Vitamina D
  • Altos níveis de consumo de álcool
  • Stress
  • Envelhecimento
  • Medicamentos, tais como controle de natalidade
  • Família com historial de hipertensão
  • Doença renal cronica
  • Problemas supra-renais e de tireóide ou tumores

Sintomas de hipertensão arterial

Na maioria das vezes uma pessoa com hipertensão não tem sintomas da doença. Cerca de 33% das pessoas não sabem que têm pressão arterial elevada, e esse desconhecimento pode durar anos. Por este motivo, é aconselhável realizar regularmente exames periódicos, mesmo quando se sente bem.

Sintomas de hipertensão:

  • Dores de cabeça
  • Fadiga ou a confusão
  • Tonturas
  • Hemorragia nasal
  • Náuseas
  • Problemas de visão
  • Dores no peito
  • Problemas respiratórios
  • Batimento cardíaco irregular
  • Sangue na urina

Se não sentir nenhum sintoma existe algum problema?

A maioria das pessoas com pressão arterial elevada não tem quaisquer sintomas. A presença de sintomas, como dor de cabeça ou visão embaçada, geralmente indica hipertensão grave ou de longa data. No entanto, ao longo do tempo, a pressão arterial alta não controlada provoca danos significativos para órgãos importantes, incluindo o coração, rins, cérebro e olhos. Em alguns casos, este dano pode levar à morte. É por isso que a pressão arterial elevada é muitas vezes referida como “o assassino silencioso”.

Possíveis complicações causadas pela hipertensão:

  • Doença arterial periférica
  • Insuficiência cardíaca congestiva
  • Ataque cardíaco
  • Lesões cerebrais
  • Danos nos vasos sanguinios ( arteriosclerose )
  • Doença renal cronica
  • Complicações na gravidez
  • Perda de visão
  • Cardiopatia hipertensiva
  • Dissecação aórtica

Factos sobre a pressão arterial elevada

  • A pressão arterial elevada é uma condição na qual a pressão ou tensão, que exerce sangue nas paredes dos vasos sanguíneos aumenta e permanece elevada, que pode danificar os vasos sanguíneos, coração e outros órgãos.
  • Estima-se que mais de 50 milhões de americanos tenham hipertensão arterial.
  • A hipertensão arterial é um dos mais graves problemas de saúde nos Estados Unidos, ainda, porque a pressão arterial alta não tem sintomas, milhões de pessoas nem sequer sabem que têm a pressão alta.
  • Um em cada quatro adultos nos Estados Unidos tem a pressão arterial elevada.
  • A hipertensão arterial afecta pessoas de todas as idades, grupos étnicos e raças.
  • Os médicos não sabem o que provoca pressão alta em 90 a 95 por cento das pessoas que a têm.
  • A hipertensão arterial é um dos principais factores de risco para doença cardíaca coronariana.
  • A pressão arterial elevada é uma causa comum de insuficiência cardíaca, a principal causa de morte nos Estados Unidos
  • A pressão arterial elevada é uma causa comum de doença renal.

Prevenção da hipertensao

As pessoas com mais de 18 anos devem verificar a sua pressão arterial regularmente. As mudanças no estilo de vida podem ajudar a controlar a sua pressão arterial:
Prevenção da hipertensao arterial:

  • Evite fumar.
  • Evite ingerir grandes quantidades bebidas de alcoólicas.
  • Tenha uma alimentação rica em frutas, legumes, laticínios e gordura
  • Faça exercício regularmente, por pelo menos 30 minutos todos os dias.
  • Se você tem diabetes, controle os seus níveis de açúcar.
  • Excesso de peso aumenta a pressão sobre o coração. Em alguns casos, perda de peso pode ser o único tratamento necessário.
  • Tente controlar o stress.
  • Siga as recomendações do seu médico para tratar ou controlar as possíveis causas de hipertensão.